segunda-feira, julho 05, 2010

PLANETA MÃE!


Eu já não suporto o que pari de mais terrível: o ser humano.