sexta-feira, dezembro 15, 2006

A MULHER; MULHER LATINA!

Tão agreste, por vezes... parece impossível de amar,
envolta em ciúmes, cuidado! É deixá-la em paz,
pois ela nem sempre deixa o homem brincar
e de cabeça baralhada pela traição, nem sabe o que faz

Ah, mulher latina, mulher latina,
ama sempre, mas quando desatina!

Mas é a mais pura e sincera, a mais linda e mais bela,
vê ao longe, de muito longe, sabe sempre encontrar o amor,
seja em Itália, Espanha, Portugal ou qualquer terra,
é agreste, mas tolera, até é capaz de afogar sua dor

Ah, mulher latina, mulher latina,
ama sempre, mas quando desatina!

Corre mundo, mostra elegância e é muito fina,
tem um defeito, para com o homem: não se deixa calcar,
esteja no Brasil, no Chile ou na Argentina,
mostra sempre seu lindo corpo, lindos olhos, lindo andar...

Ah, mulher latina, mulher latina,
ama sempre, mas quando desatina!

David Santos